Decisão sobre a data da 14ª Fenavindima é adiada, por enquanto

Por Antonio Coloda – Coloda@jornaloflorense.com.br | 17 de Maio de 2017 às 10:56

Evento previsto para 2019 pode ser antecipado para 2018

Depois do anúncio do adiamento da Festa da Uva de Caxias do Sul para 2019, os membros da Associação Comunitária Fenavindima reuniram-se na noite de terça-feira, 16 de maio, para decidir se devem ou não antecipar para 2018 a 14ª Festa Nacional da Vindima, prevista para 2019. Com a mudança de data da festa caxiense, Flores da Cunha poderia 'preencher' o espaço e realizar seu evento maior no ano que vem. A maioria dos presentes opinaram a favor de realizar a Fenavindima em 2018, porém, a decisão deverá sair na próxima semana, após uma comissão criada para planejar o evento definir que modelo os florenses querem.

De acordo com o prefeito, Lídio Scortegagna, o evento “precisa passar por uma reformulação”. Conforme o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Flores da Cunha e Nova Pádua, Olir Schiavenin, Flores da Cunha deve aproveitar, além do título de maior produtor de vinhos do país, a mais recente conquista de também maior produtor de uva do Brasil.

Segundo a presidente da Associação Comunitária Fenavindima, Fabiane Veadrigo, apesar de faltar menos de 10 meses para o início, caso a opção seja por 2018, “ainda há tempo de programar a festa”. Além de antecipar o evento para o próximo ano, os organizadores sugeriram diminuir os gastos devido à situação econômica que o país atravessa - em 2015 a prefeitura custeou R$ 2,1 milhões para a festa. O novo encontro deve ocorrer na próxima segunda-feira, dia 22, às 18h, novamente no gabinete do prefeito.

Tweetar

Imagens:

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário